Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Albergue Espanhol

"-Já alguma vez estiveste apaixonado? - Não, fui barman toda a minha vida." My Darling Clementine, John Ford.

Albergue Espanhol

"-Já alguma vez estiveste apaixonado? - Não, fui barman toda a minha vida." My Darling Clementine, John Ford.

Violência Doméstica:

Cumpram a lei (exijam que se cumpra a lei e que não façam dela uma excepção, mais uma, com alíneas e dúvidas e contratempos), envenenem os maridos que vos batem, castrem os namorados que vos tratam mal, abandonem os lares, deitem-lhes azeite a ferver por cima, ponham-lhes laxantes na sopa, chamem a polícia em altos gritos, exijam que os tribunais sejam mais rápidos, criem uma colónia penal cheia de mosquitos, façam macumba para eles ficarem sem tesão, troquem-lhes os medicamentos da hipertensão, eduquem as vossas filhas e ensinem-lhes a usar a inteligência e o varapau em doses idênticas — mas, sobretudo, não me venham com o nhe-nhe-nhem, nhe-nhe-nhem, e tal, e a violência doméstica, e vamos legislar. Sou pela acção directa: lei e prisão e nomes publicados no adro da igreja, e divórcio compulsivo e obrigatório. E não me venham com sociólogas e sociólogos que não sabem distinguir entre sadomaso e humilhação. E leiam o Correio da Manhã; está lá o país. Podem não gostar dele, está bem, mas foda-se. FJV, A Origem das Espécies.

 

Foi em 2009 que escrevi ISTO sobre o tema.

Violência Doméstica - II

Foram várias as vezes que escrevi sobre a violência doméstica. Numa das últimas vezes tive o grato privilégio de ter comentários de vítimas desse crime que é, ainda hoje, um dos maiores flagelos sociais.

 

Partilho convosco um dos últimos comentários e deixo-vos o vídeo aconselhado por uma das vítimas:

 

Lara…não estás sózinha…somos muitas!!!
Existem imensas mulheres, na nossa situação e também aquelas, que ainda não tiveram a coragem de fazer o que fizemos.
Eu sei que é dificil esquecer,pois foram muitos momentos…mas pensa,agora já passou estou bem.
Lembra-te, daqueles dias em que estavas naquele inferno e não tnhas como escapar.
Agora és livre,goza estes momentos pois são de vitória…
E para seguires em frente,transforma a tua raiva em força…e serás o que sempre foste…uma mulher!!!
Eu vi este video ai umas 100 vezes,aconselho-te a ver também100 vezes, pois ajudou-me imenso a ganhar ainda mais raiva,para poder ter ainda mais força…
Beijinhos