Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Albergue Espanhol

"-Já alguma vez estiveste apaixonado? - Não, fui barman toda a minha vida." My Darling Clementine, John Ford.

Albergue Espanhol

"-Já alguma vez estiveste apaixonado? - Não, fui barman toda a minha vida." My Darling Clementine, John Ford.

Só Há Um PS

De vez em quando, lê-se por aí que "este PS" isto, "este PS" aquilo, que o "PS de Sócrates" faz assim enquanto que o "outro" PS (qual?) fazia assado. Anda por aí uma narrativa vaga de que o "PS de Sócrates" não tem muito a ver com o PS pré-Sócrates. A consequência, que nunca li mas que salta aos olhos, é que basta destituir Sócrates e sua trupe da liderança do PS para que este partido volte ao estado de pureza original.

 
Ora tanto a narrativa como a consequência não poderiam ser mais erradas: o "PS pré-Sócrates" tem apoiado Sócrates desde sempre até ao fim-de-semana passado em Matosinhos e continua a apoiá-lo depois disso. Isso de que existe um "PS histórico" e um "este PS" é uma falsa distinção. Falsa distinção essa que, infelizmente, tem sido propagada também por opinadores de direita. A Sócrates nunca faltou o apoio total do partido. E os históricos socialistas têm desde sempre levado Sócrates ao colo, mesmo até depois de Sócrates os arrumar numa prateleira.
 
Sócrates contaminou o PS até à raíz. Não haverá baptismo nem rio Ganges que purifiquem o Partido Socialista. Até porque, mesmo antes de Sócrates, o partido de puro nunca teve nada. Na incompetência, na captura do Estado e da economia pela máquina partidária, na leviandade ideológica - em tudo isto o Partido Socialista, antes e depois de Sócrates, tem sido constante desde a origem.
 

5 comentários

Comentar post