Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Albergue Espanhol

"-Já alguma vez estiveste apaixonado? - Não, fui barman toda a minha vida." My Darling Clementine, John Ford.

Albergue Espanhol

"-Já alguma vez estiveste apaixonado? - Não, fui barman toda a minha vida." My Darling Clementine, John Ford.

Logo agora que o PEC IV ia resolver tudo, mesmo tudo.

Não avisaram o Presidente da República do PEC IV e lá explicaram, com uma candura enternecedora, que a coisa era uma quase formalidade medieval e sem grande significado perante os superiores interesses do Estado.

 

Mostraram uns papéis a Passos Coelho, à laia de notificação presencial, do que iriam fazer na estranja dali a umas horas e mais uma vez em nome do superior interesse do Estado, afinal de contas, do superior interesse e bem-estar do PS.

 

O que interessava era o "sumo" da coisa, esses detalhes formais não mereciam grande importância. Tudo reduzido a um vulgar come e cala.

Esperava-se do PSD um humilde acenar de cabeça e ao Presidente um silêncio respeitoso.

 

É vê-los agora que anda tudo e mais o FMI a olhar para o “sumo” e a descobrir que não só está estragado como foi causa de indigestão , a clamar por terríveis falhas nas formalidades.

 

Uns pândegos.

 

Nota: Anda por aqui e outros blogs um certo sururu por causa da magna questão de Nobre. Para uns a escolha de Nobre é "a" confirmação do horror de uma liderança que nunca gostaram, para outros mais uma desculpa para não falar do que está em cima da mesa para os próximos 3 anos e de como cá chegamos. Entretanto parece que já não TGV mas vamos falar antes das razões pessoais de Capucho, da indisponibilidade de MFL ou de Mendes que tenho a certeza que são muito relevantes para a Nação.

5 comentários

Comentar post