Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Albergue Espanhol

"-Já alguma vez estiveste apaixonado? - Não, fui barman toda a minha vida." My Darling Clementine, John Ford.

Albergue Espanhol

"-Já alguma vez estiveste apaixonado? - Não, fui barman toda a minha vida." My Darling Clementine, John Ford.

E agora, é sim ou sopas

 

Na manhã desta sexta-feira coloquei aqui uma pergunta dividida em várias. Ao fim da noite, a resposta surgiu através do discurso de Pedro Passos Coelho. O Governo fracassou nos seus objectivos, ignorou a contenção da despesa pública, atrofia a economia privada e é incapaz de conquistar de uma vez por todas a confiança dos mercados, afirmou o líder do PSD acrescentando e bem: "O Governo, com estas medidas, está também a denunciar o acordo que permitiu a viabilização do Orçamento de Estado para 2011 e no qual se comprometeu a não proceder a alterações nas deduções fiscais das famílias em matéria de Saúde, de Educação e de Habitação, bem como nas taxas de IVA sobre os bens do cabaz alimentar".

Cabe ao PM optar agora entre manter as medidas anunciadas ou retirá-las. No primeiro caso, assume sózinho o papel de carrasco da classe média e abre campo para uma moção de censura à qual não sobreviverá. No segundo, perde a face mas, apesar de fragilizado, ainda poderá aproveitar para substituir estas medidas descabeladas por alguma coisa que demonstre um mínimo de eficácia na contenção da despesa do Estado, demonstrando fair play no jogo político e ter aprendido a lição. Entre a irracionalidade e o bom senso, a escolha entre estes dois cenários parece óbvia. No entanto, trata-se de José Sócrates.