Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Albergue Espanhol

"-Já alguma vez estiveste apaixonado? - Não, fui barman toda a minha vida." My Darling Clementine, John Ford.

Albergue Espanhol

"-Já alguma vez estiveste apaixonado? - Não, fui barman toda a minha vida." My Darling Clementine, John Ford.

Quando a Esquerda Tem Razão, Razão Seja-lhe Reconhecida

Hoje, Daniel Oliveira escreve:

 

A pergunta pode parecer estranha, mas quem é a senhora Angela Merkel para determinar o que devem outras democracias fazer com os seus assuntos internos? Que instituição europeia dirige? Quem a elegeu além dos alemães?

 

Este é o estado a que a Europa se deixou chegar. Uma chefe de Governo de um dos 27 Estados porta-se como imperatriz de toda a Europa. Primeiros-ministros de Estados independentes pedem-lhe a bênção para os disparates que andam a fazer e que ela, que defende apenas, como é evidente, os interesses do seu próprio povo, dá a sua bênção. Em nome de quem? Em nome de quê?

 

Há 25 anos Portugal entrou numa comunidade de Estados soberanos. Tranferiu poderes para instituições transnacionais e apenas para elas. Em nenhum momento aceitou ser um bundesland.

 

O que se passou na quarta-feira não foi apenas uma vergonha para Portugal. Foi uma vergonha para toda a Europa. Quando os países periféricos estão dependentes do programa político de uma líder a quem a Europa, como projeto, nada diz, percebemos que a União Europeia morreu.

 

Ontem, Daniel Oliveira escreveu:

 

Como aconteceu com vários países do Norte de África, o mundo será solidário com os que em Angola se batem pela liberdade e pela democracia. Mas só quando eles, sem aliados nem amigos, a tiverem conquistado.

5 comentários

Comentar post