Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Albergue Espanhol

"-Já alguma vez estiveste apaixonado? - Não, fui barman toda a minha vida." My Darling Clementine, John Ford.

Albergue Espanhol

"-Já alguma vez estiveste apaixonado? - Não, fui barman toda a minha vida." My Darling Clementine, John Ford.

Manual de um adequado guardador de patos...

 


 

A decisão política cimeira de uma democracia é a orçamental. A de 2011, sobre 2012, vai ser antecipada em meio ano. Acordem para os acordos que aí vêm, depois de um fim de semana em Bruxelas!


Os nossos supremos decisores não passam de "guardadores de patos", para parafrasear Teófilo Braga, o que veio antes de Manuel de Arriaga. Patos continuamos, porque não queremos ser guardas dos guardadores.

 

Convém incluir a data das eleições no PS no calendário do exame prévio do Orçamento de Estado em Bruxelas. A teoria dos factos consumados e a gestão do médio prazo, tendo em vista a luta contra as armas nucleares. E assim se suspende a democracia por mais de seis meses, porque o povo fez aquilo que vai merecer, passou um cheque em branco e nem sequer garantiu a isenção de taxas.

 

Alegre não vai candidatar-se a secretário-geral do PS. O pós-socratismo não é. José Manuel Coelho não pediu a inscrição no partido de Paulo Portas. O PSD pondera continuar a via do pós-cavaquismo, mas ainda vive em interregno, depois de um súbito aquecimento de cavaquismo sem Cavaco.

 

O nível de excitação comicieira nas presidenciais de alguns dos nossos actores políticos é directamente proporcional ao nível de moderação portavozeira, no "day after". Especialmente quando os actores não são autores e querem continuar a manipular os auditores que assistem ao desenrolar da teatrocracia...

 

O nível de indiferentismo visível de uma democracia é directamente proporcional à ocultação dos processos de compra de poder.