Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Albergue Espanhol

"-Já alguma vez estiveste apaixonado? - Não, fui barman toda a minha vida." My Darling Clementine, John Ford.

Albergue Espanhol

"-Já alguma vez estiveste apaixonado? - Não, fui barman toda a minha vida." My Darling Clementine, John Ford.

Presidenciais (22)

As sondagens valem o que valem: convém, de qualquer modo, não as perder de vista. Mas há outros indicadores interessantes numa campanha que nos podem dar pistas sobre tendências de opinião dos eleitores. Um deles foi ontem divulgado pela empresa MediaMonitor, que avalia as audiências televisivas. Na comparação das entrevistas dadas pelos candidatos presidenciais à RTP verifica-se que Fernando Nobre atraiu maior número médio de espectadores, cabendo o último lugar a Defensor Moura - não só em audiência média mas também em quota de audiência.

Fica aqui o registo, para consulta dos leitores:

 

                                                   Audiência média                    Quota de audiência

Ferrnando Nobre                          9,6%                                           22,4%        

José Manuel Coelho                    9,4%                                           23,3

Cavaco Silva                                9,2%                                           21,7%

Manuel Alegre                             8,8%                                            20.6%

Francisco Lopes                           8,7%                                           20,2%

Defensor Moura                           8,4%                                           19,3%

 

Estes dados desmentem de algum modo a relevância concedida pela maioria dos comentadores televisivos a Defensor Moura enquanto manifestam o seu irreprimível desdém por Nobre. Acontece que o cidadão comum, à revelia destes comentadores, revela interesse por alguém com o percurso de vida, a capacidade de iniciativa, a militância cívica e a independência do fundador da AMI.

São sinais que justificam alguma atenção à margem do ruído da campanha.

3 comentários

Comentar post