Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Albergue Espanhol

"-Já alguma vez estiveste apaixonado? - Não, fui barman toda a minha vida." My Darling Clementine, John Ford.

Albergue Espanhol

"-Já alguma vez estiveste apaixonado? - Não, fui barman toda a minha vida." My Darling Clementine, John Ford.

Presidenciais (19)

 

Sobre o caso BPN, que tem dominado a campanha presidencial, havia duas abordagens possíveis. A primeira, a abordagem política, confrontando Cavaco Silva com um núcleo nada recomendável do seu vasto clube de amigos – com destaque para o inefável ex-secretário de Estado Oliveira e Costa, financiador da campanha cavaquista de 2006. Esta foi a via seguida, com desassombro e eficácia, pelo candidato comunista Francisco Lopes no frente-a-frente com Cavaco. A segunda abordagem, a tentativa de assassínio de carácter, foi feita pelo candidato Manuel Alegre de série B nesta campanha, Defensor Moura. Aludindo ao BPN de mistura com a história requentada de um pavilhão qualquer em Viana do Castelo e outra acerca da fadista Kátia Guerreiro: tudo ao molho e fé em Maquiavel, que alguma coisa havia de se agarrar à parede. Agarrou-se o pior: um “escândalo” já noticiado pelo Expresso há dois anos em que à viva força se pretendeu recriar a biografia de Aníbal Cavaco Silva, político bem conhecido dos portugueses há três décadas, apresentando-o como um sujeito dado a negócios ilícitos e favorecimentos indevidos no exercício de funções públicas.

Manuel Alegre, que devia ter seguido o trilho de Francisco Lopes, preferiu adoptar o tom e o estilo chocarreiro de Moura – o Alegre de série B, que só se candidatou para isto. Um papel que lhe serve muito mal: o candidato a Belém apoiado pelo PS e pelo Bloco de Esquerda não é vocacionado para carregar baldes de lama destinados a adversários políticos. Conheço-o, sei do que falo: nunca até hoje o vi proceder assim.

Foi mal aconselhado por quem gosta de sentir o cheiro do napalm ao amanhecer. As companhias escolhem-se – e nesta campanha Alegre não tem nenhum motivo para se gabar das que escolheu.

5 comentários

Comentar post