Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Albergue Espanhol

"-Já alguma vez estiveste apaixonado? - Não, fui barman toda a minha vida." My Darling Clementine, John Ford.

Albergue Espanhol

"-Já alguma vez estiveste apaixonado? - Não, fui barman toda a minha vida." My Darling Clementine, John Ford.

Lieber Wolfgang Münchau, uma Perguntazinha sobre Eurobonds...

Lieber Wolfgang Münchau,

como tem passado? O tempo aí em Bruxelas? Mauzinho e de chuva? Acredite que é bem melhor do que os trinta e nove graus Celsius e positivos daqui de onde lhe escrevo.

 

Continuando pela meteorologia europeia, estou de acordo consigo que os eurobonds têm toda a aparência de serem um plano pelo menos tão bom como as alternativas. O que me preocupa é que a bondade dos eurobonds depende de uma hipotesezinha cuja validade não me parece evidente.

Os eurobonds terão um rating triple A (ou seja, AAA, isto é, á-á-á) e, por isso, haverá todo o incentivo a que os detentores de dívidas nacionais com ratings muito inferiores as troquem com desconto por eurobonds. O efeito será uma diminuição do valor do stock total de dívidas dos vários países europeus, o que contribuirá para a solvabilidade de cada país e, logo, para a sobrevivência do euro.

A minha perguntazinha é esta: mas quem é que garante que os eurobonds terão rating triple A??? É a senhora Viviane Reding que irá encostar uma arma à cabeça da Moody's e obrigá-la a dizer que os eurobonds são excelentes e credíveis e valem a pena? Pois...

Se a União Europeia não conseguiu levar a que todos os países da zona Euro respeitassem os critérios de Maastricht, se se deixou enganar pela contabilidade pública mentirosa da Grécia aquando da entrada desta no Euro, se tem sido tão titubeante e serôdia na reacção às crises na Irlanda, Grécia e Portugal - quem e como é que irá garantir que, desta vez, este novo plano europeu não sofrerá de um problema de credibilidade?

As várias crises europeias somadas têm uma causa e um nome comuns: défice de credibilidade: das instituições, das regras e dos vários planos apresentados.

Quem garante a credibilidade do novo projecto "eurobonds"? É esta a perguntazinha que lhe deixo.

 

Continuação de boa semana, viele Grüße

Ricardo Vicente

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.