Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Albergue Espanhol

"-Já alguma vez estiveste apaixonado? - Não, fui barman toda a minha vida." My Darling Clementine, John Ford.

Albergue Espanhol

"-Já alguma vez estiveste apaixonado? - Não, fui barman toda a minha vida." My Darling Clementine, John Ford.

The End

Existem vários tipos de vícios e de viciados. Alguns conseguem ultrapassar a dependência. Outros não. Na música que acompanha o post, o exemplo é a toxicodependência. Na vida, são inúmeros os vícios e nem todas as dependências derivam de estupefacientes.

 

Hoje, a meio de uma conversa nada agradável, dei por mim em silêncio limitando-me a ouvir o outro. O outro lado da linha e a pensar que existem casos verdadeiramente perdidos. Esses, por muito que nos custe, são impossíveis de “salvar”. Por não compreenderem que se encontram no meio da teia e a aranha está mesmo ali, a ver, a preparar o seu ataque mortal.

 

Só se cura quem se quer curar…

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.