Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Albergue Espanhol

"-Já alguma vez estiveste apaixonado? - Não, fui barman toda a minha vida." My Darling Clementine, John Ford.

Albergue Espanhol

"-Já alguma vez estiveste apaixonado? - Não, fui barman toda a minha vida." My Darling Clementine, John Ford.

Portugal e Brasil: uma Diferença Importante

 
Exemplos de nomes assinados por portugueses: Christiana (e não Cristiana), Ruth (e não Rute).
 
Exemplo de nome registado no Brasil: Ueslei (e não Wesley).
 
 
Os portugueses acham chique ter nomes estrangeirados, mesmo quando o estrangeiramento põe a nu não só o ridículo mas a ignorância deles (deles: dos nomes e dos respectivos assinantes).
 
Os brasileiros pegam no estrangeiro e brasileificam-no (esta palavra ainda não existe).

Quem é que tem razão? Quem tem razão é quem tem orgulho no seu país e na sua língua. Quem não tem razão é quem acha um nome vernacular menos chique ou menos bonito só por ser português. É assim tão simples? É.
 
 
Ah! as Andreias! As Andreias que acham graça a assinarem "Andrea"! Será que desconhecem que "Andrea" é um nome masculino (italiano)? Ou a graça estará nisso mesmo: ter um nome estrangeiro com o género trocado?
 
Whatever!

23 comentários

Comentar post