Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Albergue Espanhol

"-Já alguma vez estiveste apaixonado? - Não, fui barman toda a minha vida." My Darling Clementine, John Ford.

Albergue Espanhol

"-Já alguma vez estiveste apaixonado? - Não, fui barman toda a minha vida." My Darling Clementine, John Ford.

Legislativas (12)

 

PARA MAIS TARDE RECORDAR

 

Toda a regra tem excepção. Lendo a imprensa de hoje, registo que apenas dois 'analistas' dão a vitória ao secretário-geral socialista no debate de ontem com Pedro Passos Coelho: o jornalista Manuel Tavares, director do diário desportivo O Jogo, e a escritora Inês Pedrosa, directora da Casa Fernando Pessoa.

Vale a pena registar os argumentos de ambos.

Diz Tavares, escrevendo no Diário de Notícias: "Passos Coelho preferiu uma estratégia assente na ideia de explicar por capítulos que toda a crise (em especial os 700 mil desempregados) é da responsabilidade do primeiro-ministro recandidato. E José Sócrates conseguiu colocar em xeque essa estratégia, lendo do relatório e contas de uma empresa assinado por Passos Coelho no ano passado a confisssão de que Portugal set inha portado acima da média de desempenho perante a crise, durante 2009."

Diz Inês, ao Correio da Manhã: "Claramente ganha Sócrates, porque consegue dizer mais em menos tempo. Passos Coelho adoptou uma estratégia de ataque, mas não apresentou programa."

Rendo-me à evidência perante tão poderosos argumentos. De tal maneira que vou guardá-los no meu caderninho de citações. Para mais tarde recordar.

5 comentários

Comentar post