Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Albergue Espanhol

"-Já alguma vez estiveste apaixonado? - Não, fui barman toda a minha vida." My Darling Clementine, John Ford.

Albergue Espanhol

"-Já alguma vez estiveste apaixonado? - Não, fui barman toda a minha vida." My Darling Clementine, John Ford.

Imperdoável

Um governo que engana o país que governa é imperdoável.

Os membros da troika foram muito claros. O PEC IV era insuficiente para evitar o colapso financeiro e o adiamento do pedido de ajuda pelo Governo de José Sócrates implicou medidas mais duras do que teria sido necessário aplicar se o pedido tivesse sido feito mais cedo. Sócrates não respeitou as receitas que Bruxelas propunha, a sua teimosia foi péssima e o resultado está à vista: os próximos dois anos serão de empobrecimento muito duro, com recessão e aumento do desemprego.

 

Os portugueses foram enganados e agora vão pagar a crise. A realidade bate à nossa porta.

O eleitorado deve rejeitar sem ambiguidades a mentira, a demagogia e a "habilidade comunicacional" de Sócrates. É preciso recusar o seu discurso vazio. O primeiro-ministro viveu durante os últimos seis anos num mundo de fantasia, apesar dos avisos de muita gente, incluindo do PSD, cujas críticas foram sempre recebidas com sarcasmo pelos socialistas.

O PS perdeu a credibilidade e não tem condições para continuar a governar o País. O PSD, que foi atacado por todos os lados, teve razão no essencial. A 5 de Junho, os portugueses não podem compensar um primeiro-ministro que nos levou ao desastre, que nunca negociou com ninguém, que ocultou a verdade, que tentou transferir as suas responsabilidades para os adversários, que transformou em propaganda irreal todos os problemas que Portugal enfrentava.

É muito simples, está na altura de mudar.

3 comentários

Comentar post