Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Albergue Espanhol

"-Já alguma vez estiveste apaixonado? - Não, fui barman toda a minha vida." My Darling Clementine, John Ford.

Albergue Espanhol

"-Já alguma vez estiveste apaixonado? - Não, fui barman toda a minha vida." My Darling Clementine, John Ford.

As propostas da troika.

 

Leio aqui que a troika que parece vai efectivamente governar Portugal nos próximos tempos acaba de lançar mais uma vez para cima da mesa a inenarrável proposta de pagar os subsídios de Natal e de férias em títulos do tesouro. Parece que em relação aos direitos dos cidadãos, Portugal acabou de se transformar num Estado em que vale tudo, inclusivamente empréstimos públicos forçados. Tem inteira lógica a medida. Como ninguém empresta dinheiro ao Estado Português lá fora, obriga-se os seus cidadãos a emprestar esse dinheiro, transformando os seus créditos laborais em empréstimos. Naturalmente que as regras da liberdade contratual e os direitos laborais são colocados na gaveta, mas que interessa isso, perante a crise financeira? Já agora, não nos faria o Estado também a simpatia de aceitar o pagamento dos nossos impostos em títulos do tesouro? Ou será pedir muito?

 

O que mais me espanta é que propostas com esta gravidade sejam apresentadas a um governo de gestão e a partidos de um parlamento já dissolvido, sem qualquer legitimidade para as aprovar. E sobre estes assuntos que realmente interessam às pessoas os partidos guardam um profundo silêncio durante a campanha eleitoral. Não seria altura de as propostas da troika passarem a ser o verdadeiro assunto desta campanha? É que sendo isto que vai marcar o futuro de Portugal nos próximos anos, é sobre isto que os eleitores se devem pronunciar.

62 comentários

Comentar post

Pág. 1/3