Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Albergue Espanhol

"-Já alguma vez estiveste apaixonado? - Não, fui barman toda a minha vida." My Darling Clementine, John Ford.

Albergue Espanhol

"-Já alguma vez estiveste apaixonado? - Não, fui barman toda a minha vida." My Darling Clementine, John Ford.

O tempo em política

 

A Presidência da República revelou esta manhã, numa nota publicada no site oficial, que Pedro Santana Lopes irá ser condecorado na terça-feira com a Grã-Cruz da Ordem de Cristo, uma das mais importantes distinções públicas que podem ser atribuídas a um político no activo ou fora dele. Aníbal Cavaco Silva não o fez inocentemente, fê-lo numa altura em que o antigo primeiro-ministro volta a agitar-se e exige a convocação de um congresso extraordinário do PSD para discutir tudo e pôr tudo em causa.

Em política o tempo é tudo. Até o timing para a divulgação da informação - em pleno debate quinzenal - foi escolhido a dedo. Cavaco Silva não brinca em serviço. Numa altura em que pede um acordo "de regime" para que o País tenha estabilidade política e um Orçamento, vem também revelar que está preocupado com o PSD. Que melhor boost precisava Santana Lopes para credibilizar a sua posição, realizar o tal congresso e condicionar o partido?

Santana vinha exigindo a condecoração há muito e Cavaco Silva teve quatro anos para fazer-lhe justiça, porque todos os antigos chefes de Governo a levaram para casa. Mas agora? Longe vão os tempos da "Boa e Má Moeda"...

Depois da coabitação entre Santana Lopes e Manuela Ferreira Leite, esta prebenda vem demonstrar que o cavaquismo e o santanismo caminham juntos e de mãos dadas nos dias que correm para salvar o que for possível do PSD moribundo. Para evitar o quê? O que temem? Dão-se alvíssaras a quem revelar...

19 comentários

Comentar post